A importância da suplementação mineral

importância da suplementação mineral

A suplementação mineral é de fundamental importância para o rebanho bovino. Os minerais são importantes para o bom funcionamento do organismo, participando de quase todos os processos químicos; compõem estruturas, hormônios, fluidos intra e extracelulares e como catalisadores enzimáticos. Geralmente, as necessidades quantitativas de minerais no organismo são pequenas, mas suas funções são vitais para a mantença e produção. 

A mineralização é indispensável para o bom desenvolvimento das funções vitais dos bovinos, os minerais não podem ser sintetizados de forma natural pelos animais, portanto devem estar disponíveis na alimentação. Os bovinos de pastejo ingerem os minerais através das plantas forrageiras, e estas absorvem os elementos do solo. Consequentemente, os níveis de minerais das forrageiras iram dependem da espécie, da quantidade de mineral no solo, do tipo de solo disponível e das formas químicas com que os elementos se encontram no solo. Daí a importância da suplementação mineral em bovinos.

Quando a quantidade de minerais disponível nas forragens forem insuficientes, deve-se fazer uma correção de pH do solo e adubação para poder disponibilizar em maior ou menor quantidade, alguns minerais, além de consequentemente melhorar a produção da massa verde da forragem; esse processo no entanto, em geral, não é economicamente viável em relação a atividade pecuária. A adequação de minerais para os animais deve ser fornecida de diferentes formas de suplementação nutricional. A mistura mineral pode ser incorporada nas rações concentradas de bovinos de leite ou animais confinados. Para o gado em regime de pastagem, que não recebe concentrado, é preciso confiar na ingestão voluntária da mistura, por isso, ela deve ser bastante palatável. O uso da técnica de suplementação mineral permite o aproveitamento de todo potencial produtivo da forragem. 

Os minerais são subdivididos em macrominerais e microminerais. Ambos são importantes e essenciais para o funcionamento do organismo. 

Os macrominerais, ou macroelementos, são requeridos em maior quantidade e expressos em gramas ou porcentagem. São eles: cálcio, fósforo, magnésio, sódio, potássio, cloro e enxofre.

 Os microminerais ou microelementos são requeridos em menor quantidade e geralmente expressos em miligramas ou partes por milhão (ppm). São eles: ferro, manganês, cobre, iodo, cobalto, zinco, selênio e cromo. (UNYLEYA 2001

Importância dos minerais:

  • Sistema imune: cobre, zinco, ferro e selênio. 
  • Metabolismo energético: magnésio, fósforo, manganês, zinco, cobre e ferro. 
  • Hormonal: ferro, manganês, zinco, cobre, magnésio e potássio.
  • Síntese de vitaminas: cobalto (vitamina B12).
  • Hemácias: cobre e ferro. » Reprodução: manganês, zinco, cobre e magnésio.
  • Enzimas: manganês, zinco, cobre, ferro e magnésio.

Cada um dos minerais descritos acima possui função vital para a vida do animal.

Acabar com deficiência de minerais nos bovinos é de extrema importância, tendo em vista que o desempenho animal será totalmente limitado se pelo menos um nutriente estiver disponível no organismo em menor quantidade, ou seja, se uma vaca consome quantidades de proteínas e energia corretamente para produzir 25L de leite por dia, e há uma deficiência de algum mineral nessa dieta, essa mesma vaca produzirá apenas a metade disso, pois essa deficiência de mineral se tornará fator limitante de produção. Os microrganismos ruminais são dependentes dos minerais para seu crescimento e metabolismo e a baixa concentração deprimem as atividades da digestão de fibra e a síntese de proteína microbiana. A depressão dessas atividades compromete o balanço de energia (carboidratos estruturais ou fibrosos) e o de proteína (proteína metabolizável) desta forma as vacas não terão a resposta esperada.

A falta de um controle rigoroso no fornecimento dos elementos minerais é responsável pela baixa produção de carne e leite, problemas reprodutivos, crescimento retardado, abortos, fraturas e queda da resistência orgânica. Tanto a deficiência severa, acompanhada por taxas de elevada mortalidade, como as deficiências subclínicas, cujos sintomas não são perceptíveis clinicamente, podem levar a perdas consideráveis na produtividade (MORAIS, 2001).
  

Agora que você já entendeu a importância da suplementação mineral para bovinos informamos que a a ABC Agronegócio possui uma linha suplementar completa de Concentrados, Minerais/ Vitamínicos, Micro e Macro minerais e nutrientes. Produtos desenvolvidos com níveis de garantia cuidadosamente elaborado para uma suplementação de minerais de bovinos, caprinos e equinos. (Clique aqui e confira nossa linha de suplementação mineral completa)

Caso tenha alguma dúvida fale conosco diretamente pelo whatsapp clicando aqui.

Vanilda de Lima Ferreira

Formada em Agronegócio pela Universidade Vale do Rio Doce – UNIVALE

Pós-graduanda em Nutrição Animal pela Faculdade UNYLEYA

Tel.: (33) 99939-8042 (33) 3277-2313

vanilda.ferreira@abcagronegocio.com.br

vanilda.agronegocio@gmail.com

Deixe um comentário